Zidane põe fim no caso Benzema e Vini: “Já foi esclarecido”

O técnico Zinedine Zidane em entrevista coletiva nesta sexta-feira (30), reconheceu que o confronto contra o Huesca, no Alfredo Di Stéfano neste sábado (31), é mais um jogo complicado na dura sequência que o Real Madrid vem enfrentando. Na visão do francês, essa partida deve ser tratada como uma final de campeonato.

“Sim, é claramente um rival perigoso. Não existem equipas pequenas em Espanha, são todas fortes e competitivas e isso faz uma Liga espetacular. Para nós é claramente uma final e é isso que queremos colocar na nossa cabeça. Três pontos muito importante”.

Assunto do momento nos últimos dias, Zidane foi questionado sobre o episódio envolvendo uma suposta crítica de Benzema a Vinicius Júnior. Para o treinador, isso significa que “o clube está vivo” e quis colocar um fim na discussão.

“Não tem problema, ao contrário. O importante é que nossa energia se concentre no jogo de amanhã, o resto já foi esclarecido”, destacou.

Confira outros trechos da coletiva de Zidane:

A bagunça Benzema-Vini: “O mais importante é que fique esclarecido e que os jogadores conversem entre si. Muitas coisas são ditas em campo e eles ficam lá. Somos uma equipe e precisamos de energia para outras coisas. É bom que as coisas aconteçam porque significa que estamos vivos. Eles conversaram e é isso”.

Imagem de Karim: “Não acho que isso vá prejudicar a imagem de Benzema porque isso sempre aconteceu e no final ele fica em campo. Hoje existem muitas câmeras, mas sempre aconteceu”.

Já aconteceu com Zidane como jogador?: “Em campo muitas coisas são ditas quentes. Muitas coisas são ditas sobre os outros e outros também sobre mim.”

Hazard e suas opções para titular: “Hazard está bem treinado conosco e seus sentimentos são bons. Claro, quando alguém se machuca é muito complicado, porque o que os jogadores querem é jogar. Quando estão fora, as coisas ficam complicadas. conosco, mas há outros de fora que estão passando por momentos difíceis. Espero que em breve estaremos todos juntos”.

Calma com o Éden: “Temos muitos jogos e a ideia é que ele esteja conosco. Vamos ver como vamos fazer. O bom é que ele está bem, isso é o que importa. Estamos todos preparados porque são muitos jogos, muitos minutos e os jogadores eles têm que estar bem preparados”.

O estado de espírito de Vinícius: “O Vinícius está aqui, é jovem e tem presente e futuro no Madrid. Trabalha e vejo-o bem, é um rapaz que quer aprender, melhorar e isso é bom para o treinador e para a equipe”.

Rotações: “A final que temos é amanhã, o jogo de terça não existe porque o jogo do Huesca é fundamental. Temos que pensar no dia a dia. Os jogadores sabem, é amanhã e pronto. Amanhã é um final, por mais que se fale da terça-feira. São três pontos iguais aos do Barcelona. Devemos pensar apenas desta forma. Os jogadores são o que pensam”.

Vázquez como lateral: “Lucas sabemos quem é o jogador que é e quem é. Pode jogar em qualquer lugar porque a energia é muito boa. Temos dificuldades na ala direita e ele foi muito bem contra o Barcelona e na Champions League. O bom do Lucas é que sua energia é sempre positiva”.