A camisa branca de Real Madrid e Corinthians tem a mesma origem

Corinthians e Real Madrid tem seus uniformes inspirados na mesma equipe

O Corinthians e o Real Madrid têm as principais camisas da mesma cor – branco – mas o que você não sabe é que a história por trás é a mesma, ambos se inspiraram no Corinthian- Casuals: um time amador, mas que tem uma história riquíssima.

No inicio do século 20, o Corinthian Football Club (em 1939 fundiu-se como o Casuals e passou a chamar Corinthian-Casuals) era uma equipe famosa por fazer excursões pelo mundo apresentando e ensinando o futebol, além disso eles venciam os maiores clubes profissionais da Europa com certa facilidade, o time jogava de forma elegante e diferente, em uma época onde se jogava na formação tática 1-1-8, o clube jogava de forma mais defensiva no 2-2-6. Chegaram a ser a melhor equipe do mundo até a primeira guerra mundial – quando o clube mandou seus jogadores pra servirem pelo país.

Esta imagem, do arquivo do clube merengue, mostra a equipe em 1903 usando camisa e calções brancos, com meias ainda pretas. A foto, colorida artificialmente, é um dos primeiros registro do time. Há algumas informações sobre um segundo uniforme com calções na azul escuro. (Foto: Reprodução/Arquivo Real Madrid C.F.)

O time inglês jogava de camisa branca e bermuda preta. Inspirado no Casuals, após uma viagem pela Inglaterra, o Real Madrid utilizou a camisa branca com calção preto como uniforme principal pela primeira e unica vez na temporada 1925/1926. A mudança durou até a Copa Do Rei, quando o presidente Pedro Paranges decidiu trocar a cor de calção após eliminação, além de amaldiçoar e culpar a bermuda preta. Então o calção branco voltou e desde então o Madrid utiliza uniformes inteiramente brancos, marca que deixa o clube conhecido como ‘’Los Blancos’’.

Em 1925-26, o Real Madrid realizou uma excursão pela Inglaterra e decidiu adotar calções pretos pois o presidente Pedro Parages achava elegante. Pouco depois, no fim da mesma temporada, após alguns fracassos dentro de campo, Pedro voltou a trás e colocou uma maldição sob os calções pretos. Real Madrid voltou então ao seu branco. No entanto, manteve os meiões pretos. O uniforme inteiramente branco só apareceria em 1950. (Foto: Reprodução/Arquivo Real Madrid C.F.)

Em 1910, o Casuals foi ao Brasil jogar em vários estados, a partida do time inglês em São Paulo foi reprisado após dois dias do jogo oficial em um cinema onde Charles Miller e alguns operários eram faziam parte dos telespectadores.

Depois de ver o jogo, os operários buscaram Charles dizendo que pensavam em fundar um time de futebol e ele deu a ideia de homenagear o clube inglês, fundando o Sport Club Corinthians Paulista e desde sempre se utilizou de camisas brancas e bermudas pretas como seu uniforme principal, inspirados no Corinthian- Casuals.

Mundial de Clubes de 2000: um único confronto

Na única vez que se enfrentaram em uma partida oficial, foi o Real Madrid quem vestiu-se de branco, fazendo com que o clube paulista usasse seu segundo uniforme, o preto. Na foto Rincón marca de perto Raul. Era a terceira rodada do Grupo A do Campeonato Mundial de Clubes da Fifa 2000. (Foto: Arquivo/FIFA.com)

Real Madrid e Corinthians se enfrentaram duas vezes na historia, a mais recente foi em 2000, quando a FIFA realizou no Brasil a primeira edição do que passou a chamar de Mundial de Clubes. Como campeão nacional, a equipe paulista foi convidada à disputar o torneio que mais tarde acabaria vencendo. A partida acabou em 2 a 2, com gols de Anelka e Edilson Capetinha.

O primeiro encontro das equipes foi em 1966 na semifinal do Troféu Ramón de Carranza, tradicional da cidade de Cadiz, na Espanha. Na ocasião os paulistas tinham no elenco jogadores como Rivelino e Garrincha, enquanto o time espanhol contava com Sanchís, Amancio e Gento. A partida também terminou em um empate, desta vez em 1 a 1. A equipe merengue venceu os brasileiros nos pênaltis por 4 a 3 e se classificou para a final do torneio contra o Torino – vencida pelo Real Madrid por 2 a 0 se consagrando o campeão da edição.