Asensio brilha em retorno e Benzema marca dois na vitória do Real Madrid em cima do Valencia

A reestreia de Marco Asensio não poderia ser mais brilhante. Na tarde desta quinta-feira (18) no Estádio Alfredo Di Stéfano, o garoto entrou e com uma assistência e um gol marcado, decidiu a partida para o Real Madrid contra o Valencia, com o placar largo de 3 a 0, com outros dois gols marcados pelo atacante Karim Benzema.

A vitória mantém o clube merengue na segunda posição com dois pontos de diferença para o líder Barcelona. Na próxima rodada, os blancos enfrentam a Real Sociedad, no domingo (21), no estádio Anoeta.

Primeiro Tempo

A partida se iniciou como de costume com pressão do time da casa sobre o rival. Algumas chances de ataque saíram dos pés de jogadores como Benzema, Hazard e Toni Kroos, entretanto, sem gols. Com o time mais adiantado, alguns contra-ataques por parte dos visitantes surgiram e obtiveram sua melhor chance com Rodrigo que carimbou a trave.

O atacante seria, aliás, o responsável por abrir o placar na partida, mas veria o gol ser anulado após impedimento consultado à tecnologia do VAR. O resultado aumentou o ritmo do jogo que ficou mais frenético com chances para ambos os lados. Aos, 30 minutos, Carvajal conseguiu boa jogada dentro da área, mas parou na boa defesa do goleiro Cillessen.

A partir dos 40 minutos finais da primeira etapa, a troca de passes passou a ser protagonista, com a bola rolando de um lado para o outro, mas sem nenhuma tentativa mais arriscada. A intensidade diminuiu e os dois times terminaram empatados por 0 a 0.

Maior ímpeto e Asensio iluminado

Na volta do intervalo, o Real Madrid melhorou na criação das jogadas, mas seguia dando muitos espaços para que o Valencia conseguisse se proteger e aguardasse assim um contra-ataque mais perigoso. A troca de passes proporcionada pelo time merengue era maior, contudo, não era convertida em oportunidades.

Essa situação mudou quando aos 61 minutos Hazard avançou em velocidade pela lateral, tabelou com Modric e terminou dando assistência providencial para Benzema empurrar para o fundo das redes e assim abrir o placar na partida: 1 a 0.

Depois do gol marcado, os merengues não diminuiram o ritmo, mas ainda faltava um toque especial para aumentar a diferença no placar e dar mais tranquilidade. E essa mágica aconteceria com Asensio, que ficou 11 meses longe dos gramados devido a uma lesão e uma cirurgia no joelho.

No minuto 73, Asensio foi chamado por Zidane para entrar em campo no lugar de Valverde. E aos 74, exatos um minuto depois, o camisa 20 esteve na área para, de primeira, completar um cruzamento feito por Mendy e marcar o segundo gol da equipe e seu primeiro na temporada: 2 a 0.

Camisa 20 saindo para comemorar emocionante gol em seu retorno. (Foto: AFPJAVIER SORIANO)

No final da partida, aos 86, um contra-ataque com a alma do time deu números finais à partida. Depois que Casemiro recuperou a bola, Kroos lançou com perfeição para Asensio na ponta direita e, com apenas dois toques na bola, o garoto deixou Benzema em plenas condições para dar um chapéu no adversário e bater de perna esquerda, no ângulo de Cilessen. Antes do apito final, Kang-In Lee deu pontapé em Sergio Ramos e foi expulso.

Benzema finalizando para marcar o terceiro gol merengue na partida. (AFP/JAVIER SORIANO)

Ficha Técnica:
Data: 18 de junho de 2020, quinta-feira
Local: Estádio Alfredo Di Stéfano, Madri (ESP)
Gols: Benzema 61′, 86′ e Asensio 74′

Real Madrid: Courtois; Carvajal, Varane, Sergio Ramos e Mendy; Casemiro, Toni Kroos e Luka Modric e Valverde (Asensio); Benzema e Hazard (Vinicius Jr); Técnico: Zinedine Zidane

Valencia: Cillesen; Wass, Guillamón, Mangala e Gaya; Parejo (Coquelin), Kondogbia, Torres (Gonçalo Guedes) e Soler (Cheryshev); Rodrigo (Kang-In Lee) e Maxi Gómez (Gameiro); Técnico: Albert Celades