Avança o projeto para profissionalizar o futebol feminino na Espanha

Futebol feminino dá passo importante na Espanha

A profissionalização do Campeonato Espanhol Feminino é mais um avanço da categoria conquistada na Espanha

No próximo 1 de julho, o futebol feminino ganhará de fato um novo capitulo, será lançada oficialmente o time feminino do Real Madrid. E na última semana a categoria deu inicio a uma grande conquista, o congresso espanhol aprovou o projeto que torna a Primera Iberdrola uma liga profissional de futebol feminino. Decisão definitiva deve sair nas próximas semanas.

Segundo informações divulgadas pelo jornal AS, apurados pela jornalista Mayca Jiménez, no último dia (29) a maioria dos partidos políticos que compõem o parlamento espanhol deram o aval para tornar o futebol feminino uma categoria profissional em definitivo. A Associação de Clubes de Futebol Feminino (ACFF) luta há anos para que o a categoria seja reconhecida como profissional . Diante da aprovação do projeto no congresso, para que tal conquista seja concretizada falta apenas o a autorização do Conselho Superior de Desportes (CSD).

A ACFF comemorou a aprovação no parlamento, tendo em vista que tanto ela, quanto demais sindicados, travaram anos de luta para conquistar tal direito. A Primera Iberdrola preenche os requisitos previstos no regulamento da CSD, editado no ano de 1990, para ser reconhecida como uma liga profissional de futebol, dentre eles a existência de trabalho.

Vale a pena lembrar que por não ser uma liga profissional, isso acabou acarretando no encerramento da temporada do futebol feminino em virtude da pandemia. Clubes e Associações se manifestaram contra a postura da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF), pois essa foi a justificativa apresentada por Luis Rubiales, presidente da federação, nas palavras dele, como não é uma liga profissional, seu encerramento sem jogar todas as rodadas não traria prejuízos econômicos, motivo pelo qual a temporada foi encerrada e o Barcelona declarado campeão.

Foto em destaque: (Reprodução/Twitter/CD_Tacon)

Anúncios