Real Madrid joga melhor, mas fica apenas no empate sem gols com o Barcelona

Na tarde desta quarta-feira (18), Barcelona e Real Madrid se enfrentaram pela partida adiada da 10ª rodada da La Liga. O confronto ocorreu no Estádio Camp Nou. Nos noventa minutos, a equipe merengue foi melhor, mas sem conseguir acertar o alvo terminou ficando apenas no empate em 0 a 0 contra o time blaugrana.

Dentro de campo, quem começou dando a saída de bola foi o Real Madrid. Entretanto, quem teve a primeira oportunidade da partida foi o Barcelona. Messi inverteu para Alba que estava adiantado e avançou em velocidade, cruzando rasteiro para Suarez que apenas viu a bola passar. A equipe merengue seguida com uma marcação firme, cercando o rival e insistindo em busca de um erro na saída de bola, o que aconteceria aos 10 minutos quando em uma rápida troca de passes Benzema conseguiu chutar em direção ao gol, mas viu a bola ficar apenas nas luvas de Ter Stegen.

Time inicial do Real Madrid no El Clásico.

Sete minutos depois, foi a vez do Real Madrid assustar na bola parada. Escanteio batido por Kroos na cabeça de Casemiro, a bola já entrava quando Pique tirou em cima da linha o que seria o primeiro gol dos visitantes. A partir desse momento a pressão foi toda da equipe blanca. O Barcelona tentava usar os espaços, tocando a bola e sempre usando dos passes longas pelo lado de Jordi Alba. Em uma dessas tentativas, o lateral novamente mandou bola na área, Messi apareceu para chutar na direção do gol, mas Sergio Ramos tirou na frente da meta.

Mesmo com toda a pressão e as inúmeras oportunidades criadas por ambas as equipes, a primeira etapa acabou se encerrando com o placar de 0 a 0.

Na volta dos vestiários, o cenário visto na etapa anterior continuava acontecendo. O Real Madrid tocava a bola com liberdade no meio-campo e avançava com Isco e Kroos. O lado esquerdo com Mendy também era muito utilizado sempre com lançamentos diretos na área. Enquanto isso, os donos da casa tentavam recuperar espaço e assumir assim a posse da bola. Até por isso, o técnico Ernesto Valverde trocou Semedo por Vidal logo de inicio.

A modificação deu certo, uma vez que a equipe passou a se movimentar, dando liberdade para Griezmann e Suarez chegarem ao ataque. Do lado merengue duas chances claras na segunda etapa surgiram com Gareth Bale. Na primeira, recebeu de Valverde em rápido contra-ataque e chutou de canhota na direção do gol, a bola acabou saindo pelo lado de fora. Na segunda Casemiro lançou para Mendy que dominou e deu assistência para Bale empurrar para as redes, entretanto o gol foi anulado por impedimento.

O final da partida foi com tons de emoção. A pressão merengue era intensa, mas o gol não surgia. O Barcelona que pouco criava, tentava individualmente decidir. Em meio a tudo isso ficou apenas um empate de 0 a 0.