Zidane analisa empate e comenta sobre Courtois: “Ele decidiu subir e isso significa que nunca nos rendemos”

O técnico do Real Madrid, Zinedine Zidane, analisou o empate de 1-1 no último minuto da equipe blanca no Mestalla contra o Valencia válido pela décima sétima rodada da La Liga: “Nós não baixamos nunca os braços, queremos mais e no final conseguimos o empate, que pelo menos é algo após o esforço desta noite. Isto é o Real Madrid, nunca baixa os braços e depois do gol do Valencia havia que tentar marcar um gol e conseguimos.”

“Com tudo que fizemos em nosso primeiro tempo nos faltou o prêmio do gol. Gostaríamos de ter um pelo esforço de todos. O futebol é assim, 90 minutos e não há que reclamar. As vezes é contra ti, as vezes para ti e há que aceitar o que nos dá o futebol”, disse Zizou.

Desenrolar da partida

“O ponto é um pouco de prêmio. No final conseguimos um resultado importante porque havia que seguir somando. Nosso primeiro tempo foi muito bom, os 35 primeiros minutos tivemos chances para fazer gol. Com o planejamento da equipe com Kroos, Modric e Valverde, que jogaram muito bem trocando as posições, controlamos bem a partida. Depois, na segunda parte eles entraram melhor, mas era importante somar hoje.”

Casemiro

“Não sei quantas partidas Casemiro tem… 21? Tinha que dar um pouco de descanso. Não estava previsto que  jogasse com Casemiro nesta partida. Os três jogaram muito bem. Porque, além disso, Casemiro jogou muitas partidas e estou muito feliz do que fizemos, de toda a equipe. Empatamos, mas hoje acredito que merecíamos um pouco mais.”

Isco e Rodrygo

“É o que fizemos na primeira parte. Eles trabalhando muito ofensivamente e defensivamente e a opção era meter um pouco mais de verticalidade com Bale e Vinícius. No final, não conseguíamos como esperávamos.”

Courtois

“Ele decidiu subir e isso significa que queremos mais, que nunca nos rendemos. O empate é algo de esforço pelo que fizemos, que foi muito. Isto é o Real Madrid, uma equipe que não baixa os braços. Acreditaram que podia e pôde.”