Com pouca inspiração, defensores resolvem e Real Madrid derrota Alavés

O Real Madrid contou com a ajuda de seus defensores para conseguir furar a retranca do Alavés e vencer a partida pelo placar de 2 a 1, no estádio Mendizorroza neste sábado (30) pela décima quarta rodada do Campeonato Espanhol. Os gols foram marcados por Sergio Ramos e Carvajal, enquanto Lucas Perez descontou.

O resultado positivo coloca o time merengue na liderança da competição. A primeira colocação entretanto é provisória e depende do resultado do jogo entre Barcelona e Atlético de Madrid que acontece neste domingo (1°).

Na próxima partida, o Real Madrid recebe no Santiago Bernabéu, o time do Espanyol pela décima quinta rodada no sábado (7), às 9h (horário de Brasília).

Com pouca inspiração no primeiro tempo, o Real Madrid apresentou um futebol bem abaixo do que foi mostrado na última terça-feira contra o PSG, na Liga dos Campeões. A produção ofensiva, que contava apenas com Benzema e Bale no setor, nada fez e o meio que tinha auxílio de Kroos, Modric e Isco, também pouco acrescentou.

O clube teve domínio nos 45 minutos iniciais, mas não conseguiu converter a superioridade em chances reais. As duas oportunidades consideradas ‘perigosas’ foram com Bale em uma cabeçada na trave e um chute de Isco, da meia-lua que foi defendido por Pacheco.

Com um muro azul e branco pela frente, as alternativas do Real Madrid foram ficando cada vez mais escassas. O jeito era recorrer para a jogada aérea, que não vinha sendo o forte do time na competição, mas que serviu justamente hoje. Aos 52, Kroos bate falta pela direita e Sergio Ramos aparece livre no meio da área e cabeceia no canto de Pacheco: 0 a 1.

O jogo, apesar do gol, ainda continuava difícil para os merengues. A bola na rede fez com que o time do Alavés saísse com tudo para o campo ofensivo e não deixasse os comandados de Zidane controlar o jogo com o placar favorável. E aos 63, uma jogada que parecia finalizada, Ramos tomou uma atitude infantil e deslocou Joselu na área e o juiz marcou pênalti. Lucas Perez bateu e empatou a partida: 1 a 1.

O gol sofrido fez com que Zidane mexesse pela primeira vez, tirando Bale do gramado e colocando Rodrygo em seu lugar. A medida logo surtiu efeito, aos 69 minutos, quando Carvajal, Modric e Rodrygo trabalharam pelo setor direito e o croata foi responsável por fazer um cruzamento na medida para Isco cabecear, a finalização ser defendida por Pacheco e o lateral espanhol aproveitar o rebote como centroavante e empurrar para as redes: 1 a 2.

Isco até tentou, mas foi Carvajal quem deu a vitória ao Real Madrid. (Foto: Juan Manuel Serrano Arce/Getty Images)

A pressão final era do Alavés. Encurralado, o Real Madrid não conseguia trocar passes, buscar um contra-ataque ou agredir o seu adversário. Em uma sequência de escanteios, por pouco o Alavés não empata a partida, mas Areola salvou na cabeçada de Rúben Duarte. Entretanto, apesar da pressão, os comandados de Zidane conseguiram suportar e vencer o duelo que não contou com a melhor versão do Real Madrid.

Ficha Técnica:
Alavés 1×2 Real Madrid
Data: 30 de novembro de 2019, sábado
Local: Estádio Mendizorroza, Vitória (ESP)
Gols: Lucas Perez 65′ | Sergio Ramos 52′, Carvajal 69′

Alavés: Pacheco; Martin, Ximo Navarro, Laguardia e Rubén Duarte; Tomás Pina (Pons), Wakaso (Manu García), Vidal e Rioja (Burke); Joselu e Lucas Pérez; Técnico: Asier Garitano

Real Madrid: Areola; Carvaja, Militão, S. Ramos e Marcelo; Casemiro, Kroos, Modric (Valverde) e Isco (Mendy); Bale (Rodrygo) e Benzema; Técnico: Zinedine Zidane