Zidane quer regularidade da equipe: “Se queremos ganhar algo este ano, temos que ter regularidade”

O Real Madrid não só perdeu o jogo neste sábado (19) para o Mallorca, como também perdeu a liderança do Campeonato Espanhol para o Barcelona. E isso não foi bem digerido por Zinedine Zidane, que ao comentar sobre a regularidade da equipe, explicou que é preciso ter continuidade daquilo que vinha sendo feito, e caso a equipe não atinja isso durante a temporada, dificilmente ganhará um título.

“Não vou dizer que estou preocupado porque não gosto dessa palavra, mas se queremos ganhar algo este ano, temos que ter regularidade”, disse o treinador francês.

Na entrevista coletiva, Zidane também salientou que os desfalques não são uma desculpa para o que foi apresentado neste sábado. O mister afirmou que há outros jogadores importantes e eles precisam demonstrar que podem estar no elenco quando necessitado. Além disso, detalhou sobre a partida de terça-feira (22) contra o Galatasaray, que se tornou importante para as pretensões do clube merengue na Liga dos Campeões.

Confira as demais declarações de Zidane na coletiva:

Início ruim: “Nosso início do jogo foi muito ruim. Nós nos encaixamos e tentamos reagir. A última parte do primeiro tempo não foi ruim. No segundo, criamos muitas ocasiões, mas não tivemos sucesso e foi complicado. Perdemos tudo, mas nosso início do jogo foi ruim “.

Sintomas ruins: “Temos que seguir adiante, mas há muitos jogos que nos custam. Hoje, nos custou diante de uma equipe motivada, em casa, que não merece estar na tabela, como já foi visto.” nos custou muito, dominamos, mas sem criar muitas chances de gol “.

Plano B: “Não tem sido um problema dos jogadores. Todo mundo tem que jogar bem quando é a sua vez, as pessoas podem dar sua opinião sobre a escalação, mas é minha decisão. Analisar a quente não funciona, apesar de não estarmos felizes com o jogo”. .

Continuidade: “O problema é que temos que mostrar a cada três dias que somos bons, que é a dificuldade, o que não fazemos. Precisamos ter continuidade. Algo que fizemos bem na temporada, porque estamos de pé. Não vou dizer que estou preocupado porque não gosto dessa palavra, mas se queremos ganhar algo este ano, temos que ter regularidade”.

Sem desculpas: “As baixas não são uma desculpa. São jogadores que não estão lesionados. Há outros jogadores que também são bons, e quando se trata deles, eles têm que mostrar que têm um nível para estar aqui. Não podemos mudar o assunto dos feridos”.

Gosto de boca após a derrota: “Como sempre, errado. Nós não fizemos o jogo que queríamos, quando começamos um jogo como começamos, é complicado. A primeira parte, os últimos 20 minutos foram bons, mas não sei se ansiamos”.

Mallorca os surpreendeu: “Não podemos nos surpreender com um time que joga em seu estádio, era conhecido. Eles nos surpreenderam aos oito minutos porque marcaram, depois recuaram e se defenderam e não encontramos a solução”.

Análise do jogo: “Temos que analisá-lo bem, não podemos ser felizes com o jogo, mas temos que vê-lo, temos que pensar sobre isso. A única coisa é que agora temos que pensar bem, porque nosso início de jogo foi ruim”.

Baixas: “As lesões fazem parte disso, havia outros jogadores e tivemos que fazer melhor”.

Jogo contra o Galatasaray: “Sabemos o que vamos jogar, sabemos que não há escolha, temos que pensar no jogo de terça-feira”.

Foto: Alex Caparros|Getty Images

Anúncios