Em jogo tranquilo e com golaço de Asllani, Tacón vence Huelva por 3 a 0

Na tarde deste sábado (14), Tacon e Huelva se enfrentaram na Ciudad del Real Madrid, em partida válida pela segunda rodada da Liga Iberdrola. Dentro de campo, a equipe contou com uma atuação inspirada de Jakobsson que anotou um gol e deu uma assistência, além Jessica Martinez e Kosovare Asllani que fecharam o placar em 3 a 0. Com o resultado, o Tacon conquista sua primeira vitoria na competição.

Com a vitória a equipe soma seus 3 primeiros pontos e diminui a desvantagem no saldo de gols para menos cinco. Atualmente o conjunto aparece em oitavo na competição. Na próxima rodada o Tacón enfrenta o Logroño, invicto na competição.

Jogo tranquilo, dominio merengue!

Jessica Martinez deixou seu gol ainda na primeira etapa. Foto: Reprodução/CD_Tacon Twitter

Na primeira etapa, a equipe madridista conseguiu criar algumas boas chances. A primeira, aliás, saiu dos pés de Asllani, que encontrou espaço e chutou. Na sequência a equipe conseguiu nova boa jogada, agora com Jessica e Ubogabu. A primeira deixou a bola passar, Chioma então dominou, limpou e bateu em direção ao gol. Sem força no chute a goleira Chelsea ficou om a bola com tranquilidade.

Depois disso, foi a vez de Jakobsson se soltar na partida e passar a gerar oportunidade e perigo no ataque. A jogadora se movimentava com muita facilidade e aos 22 minutos terminou anotando seu gol. A atuação da sueca não parou por ai, já que aos 42 surgiria novamente, mas agora dando assistência. Na jogada, Jessica Martinez foi quem recebeu o cruzamento e mandou a bola para o fundo das redes ampliando o placar para as donas da casa.

Asllani deixou seu gol nos últimos minutos de jogo. Foto: Reprodução/CD_Tacon

Na segunda parte, o Tacon assumiu um estilo de jogo de mais proteção. Seguia buscando criar os contra-ataques, mas trocava com mais calma os passes. Uma das melhores oportunidades da equipe de fazer o terceiro veio novamente com Asllani, que avançou pela lateral, driblou e terminou tocando para Chioma, que foi bloqueada e não conseguiu devolver o passe.

A camisa nove madridista não se contentaria e aos 84 marcaria o seu. No lance, deu um toque de leve na saída da goleira e viu a bola morrer no fundo do gol. A partida seguiu, mas sem alterações no placar que se encerrou em 3 a 0 para o Tacon.

Anúncios