Zidane após derrota: “Tratamos o jogo como um amistoso, para o Atlético era mais que isso”

O técnico francês, Zinedine Zidane, concedeu na noite desta sexta (26), entrevista coletiva após a derrota por goleada para o Atlético de Madrid, no MetLife Stadium. Entre os temas abordados estão os efeitos da derrota, Hazard e o ambiente atual do elenco.

Derrota: “O que aconteceu foi que entramos muito mal na partida. É uma competição de alto nível, entramos muito mal. Aos oito minutos perdíamos de 2-0. Não havia uma resposta nossa para mudar isso. A primeira parte foi difícil, não entramos em momento algum na partida. Nos faltou tudo. Acima de tudo intensidade. Que é necessário para este nível”.

Motivos para conversar com os jogadores: “Nos fizeram sete gols, isso não pode passar. Isso os jogadores também sabem, e estão decepcionados. Não tem que dar mais voltas. É uma partida de pré-temporada. Eles foram melhor em tudo. E aí está. Não tem mais o que se falar”.

Sobre a postura da equipe em campo: “Nós tratamos o jogo como um amistoso, para o Atlético era mais que isso”.

Se os jogadores estão falhando: “Não, nada. Estamos preparando uma temporada e estamos tranquilos. Temos que estar em 17 de agosto, com a primeira partida da Liga. No momento estão nos faltando algumas coisas, está noite faltou te asseguro”.

Ambiente do Estádio: “É um ambiente bom. Tem pessoas de todo o mundo. Não conseguimos vencer por eles”.

Facilidade do Atlético de Madrid para ganhar nas costas da defesa: “Quando você começa perdendo de 0-2, é mais complicado. Logo surgem buracos e nos passou isso. Em uma partida assim, se você não começa com intensidade, pode entrar em dificuldades”.

Hazard: Não é um baixo rendimento de Hazard. São todos. Eu em primeiro. Nos equivocamos em tudo, sobretudo no início”.

Falta de motivação: Estaremos motivados. Não tenho dúvida disso. A nossa temporada vai ser boa. Estou convencido disso. Hoje não podemos estar contentes. Para os demais, estou convencido de que tenho uma equipe que vai competir e muito bem. Já está. Temos que voltar e descansar um pouco.

O treinador encerrou explicando de que forma a derrota o afeta: “Não me preocupa, porém me dói. Quando você perde… bem não se joga para perde. Porém aí está, não podemos olhar para atrás. Foi uma partida ruim e temos que pensar no que fizemos”, encerrou.