Hazard e Rodrygo estreiam, mas Madrid perde para o Bayern no primeiro jogo da temporada

O Real Madrid dava seu pontapé inicial para a temporada 2019-20 neste sábado (20) ao enfrentar o Bayern de Munique pela rodada da International Champions Cup, disputada nos Estados Unidos. O confronto aconteceu na cidade de Houston e melhor para os alemães que aproveitam a melhor condição física e venceram por 3 a 1, gols marcados por Tolisso, Lewandowski e Gnabry; Rodrygo descontou.

Essa foi a primeira oportunidade do torcedor madridista acompanhar Eden Hazard, principal contratação do clube para a temporada. O torcedores também puderam acompanhar o primeiro esboço de Zidane que escolheu Asensio para a primeira partida.

Na próxima rodada do torneio preparatório, os comandados de Zinedine Zidane enfrentam o Arsenal no estádio FedEx Field é Landover, também nos Estados Unidos, às 20h (horário de Brasília).

Assim como em diversas temporadas, a primeira iniciativa foi do Real Madrid que acumulava energia após intensos treinamentos, contra o Bayern que já havia realizado pelo menos duas partidas. Mas a pressão inicial não surtiu o efeito e os alemães conseguiram neutralizar as ações merengues.

Aos 15 minutos, o Bayern de Munique concentrou suas ações pelo esquerdo e explorando a deficiência técnica do Real Madrid pelo setor, conseguiu abrir o placar. Após troca de passes, Renato Sánchez tabela e encontra Alaba entrando na área merengue e o austríaco cruzou buscando Muller, mas o alemão falha e a bola sobra para Tolisso que bate pro gol, mas Courtois salva e no rebote, o próprio meia francês completa para o gol: 1 a 0.

Após o gol sofrido, o time merengue não conseguiu achar espaços e seguia sofrendo para furar a defesa que contava com um paredão chamado Neuer, que já havia defendido pelo menos três grandes defesas na partida. O Real Madrid seguia acumulando chances com Benzema, Asensio, Modric, mas as conclusões não saíam como gostariam.

Nos minutos finais da primeira etapa, o jogo incendiou com as boas oportunidades criadas pelo Real Madrid que foi encurralando o time alemão na defesa, que buscava sair para o contra-ataque com a velocidade de Coman e o jovem Arp.

Na segunda etapa, Zidane trocou todos os onze jogadores pelos considerados reservas e alguns da base do clube. Porém, a troca não foi tão benéfica e atrapalhou o desenvolvimento do time que viu o Bayern de Munique engolir o time merengue.

gettyimages-1163253128-594x594
Lewandowski e Gnabry marcaram na segunda etapa e decidiram a partida

Aos 65 minutos, Lewandowski recebeu lançamento longo nas costas do zagueiro e com muita frieza, esperou a marcação chegar e deslocar tanto o zagueiro como o goleiro Navas, aumentando a vantagem: 2 a 0. E para alegrar os alemães, aos 69, Gnabry aumentou a vantagem depois da zaga do Real Madrid sair jogando errado e Goretzka aproveitar e cruzar na medida para o atacante dominar sozinho na grande área e estufar as redes: 3 a 0.

O Real Madrid conseguiu diminuir a vantagem após o goleiro Ulreich ser expulso ao parar Vinicius Jr que driblou o arqueiro e sairia com o gol aberto. Todo o lance originou o gol merengue aos 84, que foi marcado pelo brasileiro Rodrygo em linda cobrança de falta.

Embora seja a primeira partida do Real Madrid na temporada, é muito cedo para fazer algum prognóstico conclusivo sobre o que esperar do time. Mas há indícios de fragilidade em alguns setores que ficam expostos com a não utilização dos considerados “titulares”.

(Foto: Reprodução/Tim Warner/Getty Images)

Ficha Técnica:

Bayern de Munique 3×1 Real Madrid

Data: 20 de julho de 2019, sábado

Local: NRG Stadium, Houston (EUA)

Gols: Tolisso 15′, Lewandowski 65′, Gnabry 69′ | Rodrygo 84′

Cartões Vermelhos: Ulreich 81′

Bayern: Neuer (Ulreich); Kimmich, Martínez (Süle), Boateng e Alaba; Tolisso, Sanches (Pavard), Arp (Gnabry), Thiago (Goretzka) e Coman; Muller (Lewandowski); Técnico: Niko Kovac

Real Madrid: Courtois (Navas); Carvajal (De La Fuente), Varane (Carrera), Ramos (Nacho) e Marcelo (Mendy); Kroos (Seoane), Modric (Kubo) e Isco (Rodrygo); Asensio (Vázquez), Benzema (Jovic) e Hazard (Vini Jr) Técnico: Zinedine Zidane

Anúncios