Rodrygo: “Tenho que estar no nível dos jogadores do Real Madrid quando chegar lá”

Brasileiro foi comprado pelos merengues por 45 milhões de euros em junho de 2018

Durante o mês de julho, Rodrygo desembarcará em território espanhol para finalmente se apresentar ao Real Madrid como novo reforço para a temporada 2019/2020. O jogador de apenas 18 anos de idade foi o destaque do Santos na vitória por 3 a 0 em cima do Vasco, no último domingo (12), pelo Campeonato Brasileiro, e falou com a imprensa sobre sua ida ao time comandado por Zinedine Zidane.

“O Real Madrid é o maior clube do mundo. Desde sempre busco evoluir em todos os aspectos, aumentar meu nível. Tenho que estar no nível dos ‘caras’ quando chegar lá“, disse o atacante.

Sob as ordens de Jorge Sampaoli, a promessa vem alternando entre o time titular e o reserva, mas continua sendo peça imprescindível na equipe santista. E Rodrygo vê com bons olhos para seu futuro poder trabalhar com um treinador estrangeiro e com rodagem europeia em seu currículo: “Ele (Sampaoli) é um técnico com muita experiência na Europa e, como eu vou pra lá, sempre me dá conselhos para que eu possa evoluir bastante”. 

O garoto ainda conversou sobre a boa fase do Santos com o treinador no comando e quanto ao seu pouco tempo que tem para disfrutar do Brasil: “Nós jogamos todas as partidas pensando em vencer, em sermos líderes. Vou aproveitar essas últimas semanas aqui para deixar nosso time em primeiro, é um dos meus objetivos. Voltar para cá é um sonho que tenho, mas não posso prometer pois nunca sabemos o dia de amanhã”, contou.

Rodrygo possivelmente, quando chegar ao Madrid, começará atuando pelo time do Castilla, assim como aconteceu com Vinícius Júnior no ano passado. Com as prováveis chegadas de futebolistas do setor ofensivo (além dos que compõem o elenco), é difícil imaginar o brasileiro com espaço no plantel nesses primeiros passos na Espanha. Zidane também segue uma linha cautelosa desde quando virou treinador e raramente submete seus jogadores a grandes responsabilidades. Mas, como sempre, nada no futebol é definitivo e um bom desempenho do atleta canarinho na pré-temporada merengue pode jogar essas teorias por água abaixo.

Foto: Getty Images/Ricardo Nogueira

Marcado como: