Salvo por Benzema, Real Madrid vence Huesca no sufoco

Jogando no Santiago Bernabéu, o Real Madrid venceu o Huesca neste domingo (31) nos últimos minutos com gol de Karim Benzema. Time de Zidane sofreu para arrancar os três pontos do lanterna, Isco e Ceballos marcaram os outros gols merengues na partida que terminou 3 a 2.

Com os três pontos os merengues se mantém na terceira posição do Campeonato Espanhol, ainda na briga pela vice-liderança e dentro da classificação direta para a fase de grupos da próxima Liga dos Campeões.

Próximo compromisso dos comandados de Zizou é na quarta-feira (3), contra o Valencia, fora de casa.

Um jogo de escalação peculiar e muito sofrimento

Odriozola comemora com Ceballos o gol do meia. (Foto: Reprodução/Real Madrid)

Poupando os jogadores que disputaram a Data FIFA pelas seleções e aproveitando para experimentar quem jogou pouco na temporada, Zinedine Zidane escalou um time “peculiar” contra o Huesca. Luca jogou no lugar de Courtois/Navas, Odriozola assumiu a lateral direita, Nacho foi para zaga, o meio era inédito com Llorente, Ceballos e Isco, na frente Brahim era a novidade ao lado de Benzema e Bale.

Começou parecendo que não daria certo, no primeiro ataque – após erro de passe de Marcelo e falha terrível de Nacho, Ávila avançou com a bola e tocou para Hernandéz marcar aos 2 minutos de jogo e colocar o Huesca na frente no placar.

O susto não fez o Real Madrid melhorar absurdamente, time continuou buscando espaços mas sofrendo sustos. Odriozola era o melhor nome da partida até então, brigando pelas bolas e insistindo no ataque.

Aos 24 minutos o empate. Em boa jogada de Benzema com Brahim Díaz – que se destacou nos minutos que jogou, o francês recebeu um passe de volta do espanhol e chutou. Santamaria fez boa defesa mas deixou o rebote para Díaz que cruzou rasteiro para área. Karim não alcançou mas Isco apareceu para empurrar para as redes e empatar a partida.

Isco comemora com Brahim e Marcelo seu gol. (Foto: Reprodução/Real Madrid)

No segundo tempo, sem alteração de jogadores, Real Madrid continuou a patinar em busca da vitória. Aos 62 minutos Bale fez excelente cruzamento, Benzema desviou de cabeça e Ceballos empurrou para a rede. Real Madrid na frente no placar, de virada, mas não por muito tempo.

Mudança no time de Zidane. Saiu o garoto Brahim Diaz e entrou o quase veterano de campo, Lucas Vázquez. A entrada do camisa 17 era para ajudar mais na marcação e consequentemente o Real Madrid perdeu poder ofensivo.

Não muito depois, aos 73 minutos, a defesa dormiu de novo e em jogada de bola parada Etxeita acertou a cabeça na bola, quase que sem querer, e empatou a partida para os visitantes.

Zidane mexeu de novo, aos 77 minutos, colocando Mariano no lugar de Llorente. Técnico colocou o time para frente, abrindo mão do volante que ajudava na contenção e era peça principal na marcação.

O Real Madrid tentou, tentou, tentou e tentou. Aos 88 minutos, Marcelo ajeitou uma bola perdida na área e Benzema acertou um belo chute decretando a vitória para os merengues.

Anúncios
Marcado como: