Modric evita falar de Mourinho: “Não fazemos caso a rumores”

Nesta terça-feira (5), o Real Madrid voltará a campo para lutar pela única competição que lhe resta na temporada: a Liga dos Campeões – já que foi eliminado na Copa do Rei e a vantagem na La Liga é enorme. O adversário é o Ajax e o confronto acontece no Santiago Bernabéu.

Antes, na prévia da partida, o meia Luka Modric esteve presente na entrevista coletiva juntamente com o técnico Santiago Solari e abordou assuntos polêmicos como a ausência de Cristiano Ronaldo, a fase nebulosa de Gareth Bale, rumores de Mourinho e a cartada final do clube em busca do título.

“Para nós, uma partida de Champions é sempre muito importante, ainda mais a de amanhã que é contra uma equipe muito boa, jovem e ambiciosa”, declarou o croata ao falar sobre o Ajax. “Esta partida é chave para a temporada, queremos estar nas quartas, não vai ser fácil, mas estamos preparados e vamos fazer uma grande partida”, acrescentou.

Sobre as derrotas seguidas para o Barcelona – Copa do Rei e La Liga, Modric disse que “quando perde duas partidas para teu maior rival, não é algo que te faz bem, estamos sentidos”.

“Mas o mais importante é que a partida de amanhã já está pronta e não há tempo para lamentar sobre o que aconteceu. Temos que nos concentrar no que nos incomoda e esquecer o que passou. Acredito que na partida da Copa não estávamos mal, faltou o gol, por isso teremos que seguir e confiar que o gol vai chegar. Estamos bem emocionalmente”, afirmou Luka.

Confira agora outras declarações dadas pelo camisa 10 merengue:

Bale:
“Esta bem, eu o vejo bem. Às vezes um jogador entra em uma fase da carreira onde não se sente melhor e isso passa em todos. Aconteceu comigo no passado. Eu o vejo feliz e com vontade. Não podemos esquecer do que fez pelo clube, as coisas caem muito fácil no esquecimento. Ele tem gana, quer trabalhar e quer voltar a ser o Gareth de sempre. Gareth tem muito a dar por esta equipe, tem que trabalhar, trabalhar e trabalhar”.

Rumores e volta de Mourinho:
“Nós não fazemos caso a rumores, estamos concentrados em nós. O mundo do Real Madrid sempre fala destas coisas e não podemos evitar. Sempre dão o Madrid como morto e sempre volta. Em 2015 não ganhamos nada e todavia disseram que estávamos mortos e depois sabem o que aconteceu e o que ganhamos depois”.

Reunião no vestiário:
“Não posso dizer sobre o que nós falamos, mas confirmo que tenhamos nos falado e quando as coisas não vão bem, tem que falar como uma família. Depois destas conversas, tem ido muito bem. O que nos falta nessa temporada é continuidade, começamos muito bem, depois uma fase de derrotas, depois voltamos a estar bem. A falta de continuidade e a falta de gol também, é óbvio, mas estamos trabalhando e falta muito para esta temporada e não podemos nos render”.

Que partida vê contra o Ajax:
“Eles não vão mudar muito, eles jogam muito parecido dentro e fora e creio que vão vir com as mesmas ideias. Não acho que vão mudar muito. Eles não tem nada a perder e por isso é uma partida muito perigosa. Não temos que ter pressa, mas temos que estar atentos e esperamos 90 minutos muito complicados. Ter paciência e estar tranquilos juntos”.

Seu rendimento:
“Eu quase não comecei a temporada, custei a entrar no ritmo e colher o ritmo, mas a partir do Mundial de Clubes me encontrei muito melhor e acredito que agora estou em bom nível, mas estou trabalhando para ajudar mais e ajudar a equipe em todos os aspectos que posso”.

A ausência de Cristiano Ronaldo:
“É um jogador que faria falta a qualquer equipe, buscar um substituto para Cristiano é quase impossível. O que ele fez por esse clube… Claro que faz falta Cristiano. O que entendo é que o clube foi em outros jogadores para cumprir sua função, que se divida a sua função entre os maiores jogadores. E isso não é fácil. Cristiano fez 50 gols e não podemos encontrar alguém que marque tanto. Alguns teriam que dar um passo adiante e não fazer 50 gols, mas pelo menos o que nos faz falta, dois ou três jogadores que façam 15-20 ou até 10 gols. E isto não temos. Por isso acredito que é nosso maior problema este ano, por exemplo no dia da Copa contra o Barcelona, criamos muitas ocasiões, mas um rival com tanta qualidade te castiga. Cristiano não está aqui e não podemos lamentar dez anos de que Cristiano não está. O clube depositou fé em outros jogadores, como Gareth, Karim, Asensio, trouxe Mariano, Vinícius está aqui fazendo muito bem para a idade que tem. Mas às vezes as coisas não saem como queremos. Mas a única maneira é trabalhar e sair junto disso, o Madrid sempre vai estar acima, algumas vezes pode ser que não, mas sempre volta”.

O melhor do Ajax:
“Não quero destacar ninguém, mas possui talentos em todas as posições. Possuem talento, ambição, nos impuseram bastantes problemas”.

Sobre o que Vinícius dá:
“Vinícius nos da velocidade, rapidez, algo diferente que nos falta. Ainda é jovem, mas já demonstrou que tem enorme talento e muita vontade. É uma criança maravilhosa e estamos aqui para ajuda-lo e crescer ainda mais”.

Anúncios