Pragmático, Real Madrid volta a jogar mal, mas vence o Levante com ajuda do VAR

Na tarde deste domingo (24), no Ciutat de Valencia, Levante e Real Madrid duelaram pela vigésima quinta rodada do Campeonato Espanhol, os merengues conseguiram vencer pelo placar de 2 a 1 – gols de Benzema e Bale, e diminuir a vantagem para os líderes. Porém, novamente deixou a desejar pelo pragmatismo e ainda teve ajuda do VAR (árbitro de vídeo).

Com a vitória, o Real Madrid segue na terceiro posição da competição com 48 pontos, dois atrás do vice-líder Atlético de Madrid e 9 atrás do líder Barcelona.

A próxima semana é de decisão. Primeiro, na quarta (27) enfrenta o Barcelona, no Santiago Bernabéu pela partida de volta das semifinais da Copa do Rei e no outro fim de semana, dia 02 de março, encara novamente os catalães, desta vez pela 26° rodada do Campeonato Espanhol.

A partida, no seu início, teve bastante alternância de domínios, onde Levante e Real Madrid propuseram e impuseram suas táticas, mas nada surtiu efeito e pouco dava ânimo para o confronto. A primeira grande oportunidade foi dos donos da casa, que mandaram uma bola na trave aos 22 minutos com Roger Martí, após cobrança de escanteio.

As principais ações ofensivas merengues eram pelo setor esquerdo, onde estava Vinicius Júnior, que buscava, se movimentava e tentava criar chances para o Real Madrid, mas também pouco fluía suas atitudes. Até tentou de fora da área em alguns momentos, mas pouco para um clube que tentava buscar o título da La Liga.

Pênalti claro e VAR em ação

Aos 40 minutos, o VAR entrou em ação. Modric que estava trabalhando a jogada pelo setor direito, fez o cruzamento, mas que teve a interceptação de Bardhi que colocou o braço na trajetória da bola dentro da área. O árbitro assinalou a penalidade, mas o VAR foi acionado. Entretanto, a penalidade estava marcada após toque claro. Benzema foi para a cobrança e marcou: 0 a 1, 11° gol do francês na competição, artilheiro isolado do clube na temporada.

No segundo tempo, nem havia recomeçado a partida e o Levante teve a oportunidade de empatar a partida, mas acabou sendo parado por Courtois que praticou ótima defesa. A resposta merengue veio aos 55, quando Kroos levantou na área após batida de escanteio e Benzema subiu bem, mas a bola raspou o travessão e saiu.

O jogo ficou morno, poucas oportunidades foram criadas e o tempo continuou passando. Mas em vacilo da zaga merengue, o time da casa empatou com Roger Martí aos 60 minutos, que se antecipou a Nacho e após cruzamento de Morales, empurrou para o fundo das redes: 1 a 1. Aos 70, talvez a grande oportunidade do Real Madrid. Vinicius Júnior foi lançado no postar da zaga, avançou em velocidade, invadiu a área e frente a frente, finalizou mal e deixou chance do goleiro Aitor fazer a defesa.

Polêmica e pênalti contestado

Aos 75, a grande polêmica da partida. Após cruzamento de escanteio, bate e rebate na área do Levante, a bola sobrou para Casemiro que ao ajeitar, sofreu um toque de raspão, mas que fez o brasileiro se jogar na área. O árbitro exitou, analisou e marcou. A checagem foi colocada em ação, mas o árbitro de vídeo também marcou o pênalti que não existiu. Bale foi para a cobrança e deslocou Aitor: 1 a 2 e comemoração estranha do galês que preferiu não receber os cumprimentos dos companheiro.

Árbitro buscando auxílio do VAR que assinalou um pênalti inexistente para o Real Madrid

Ao final da partida, o Real Madrid teve Nacho expulso, deixando o time de Solari com 10 em campo, mas sem comprometer o resultado que veio ajudado, porém, dá sobrevida ao clube na tentativa de disputar “ainda”, o título da La Liga.

Ficha técnica
Levante 1×2 Real Madrid
Data: 24 de fevereiro de 2019, domingo
Local: Estádio Ciutat de Valencia, Catalunha (ESP)
Gols: Roger Martí 60′ | Benzema 43′ e Bale 78′
C. Vermelho: Nacho 87′

Levante: Aitor; Cabaco, Vezo, Rober Pier; Simon, Rochina (Doukoure), Campana, Bardhi (Vukcevic), Luna; Morales e Roger Martí (Dwamena);

Real Madrid: Courtois; Carvajal, Varane, Nacho, Reguilon; Casemiro, Modric, Kroos (Valverde); Vázquez, Benzema (Bale), Vinicius Júnior (Asensio);