UEFA vai analisar punição de Sergio Ramos, zagueiro confessou ter forçado terceiro amarelo

Zagueiro espanhol forçou o terceiro amarelo e confessou isso em declarações após a partida

Sergio Ramos pode ser punido pela União das Federações Europeias de Futebol, a UEFA, por prática considerada irregular. Zagueiro confessou em entrevista na zona mista após vitória do Real Madrid sobre o Ajax que “estaria mentindo se dissesse que não” buscou o terceiro cartão amarelo para cumprir suspensão no jogo da volta e ficar sem cartões para um eventual avanço para as quartas de final.

UEFA deu entrada na documentação da situação nesta quinta (14) e julgará o caso no dia 28 de fevereiro, decidindo se o capitão do Real Madrid será punido, ficando de fora de uma eventual quartas de final – ou, em caso de eliminação, dos próximos dois jogos do clube pela competição na temporada seguinte.

Pelo twitter o zagueiro da Seleção Espanhola tentou disfarçar a situação dizendo que está confiante no time mas chateado por perder o jogo da volta e completando com “não tentei forçar a situação”. Sergio também disse que estará nas arquibancadas apoiando o clube como um torcedor a mais.

Pelas redes sociais o zagueiro e capitão tentou amenizar a situação após a declaração na zona mista

Nunca aprendem? Punições por forçar cartão são caso antigo no Real Madrid

Não seria a primeira vez que o time merengue é punido por tal motivo. Recentemente, em novembro de 2017, o lateral Daniel Carvajal ficou suspenso por 3 jogos (dois pela punição e um pelo cartão) por forçar um terceiro amarelo contra o APOEL na fase de grupos da Liga dos Campeões. Na ocasião o espanhol perderia o jogo contra o Borussia (com o Real Madrid já classificado) e entraria livre nas oitavas. Carvajal não confessou a intenção, mas assim a UEFA entendeu e o puniu. Lateral não pode jogar contra o time alemão e perdeu as duas partidas das oitavas.

Em 2010 a situação foi tão grave que a UEFA puniu o técnico José Mourinho por, segundo ela, “instruir os jogadores a levarem cartões amarelos” e entrarem livres na fase eliminatória da competição. Curiosamente, na época, os cartões também vieram num jogo contra o Ajax e Sergio Ramos era um dos jogadores envolvidos – o outro é Xabi Alonso. Na época Mou ficou dois jogos sem poder comandar o Madrid e ainda teve que pagar uma multa de 30 mil euros para a federação. Real Madrid precisou pagar uma multa de 100 mil euros.

Anúncios