Candidato único, Aleksander Čeferin é reeleito presidente da UEFA

Nesta quinta-feira (7) durante um Congresso da UEFA realizado na cidade de Roma, o esloveno Aleksander Čeferin, atual presidente da entidade do futebol europeu, permaneceu na presidência após ser o único candidato na disputa pelo cadeira que será ocupada por ele nos próximos quatro anos. No discurso, pontuou que pretende trazer reformas para as competições dos clubes.

Sem entrar em detalhes, Čeferin afirmou que não pretender criar uma Super Liga durante sua gestão – a ideia começou a ser cogitada após irritações de alguns clubes. Entretanto, enfatizou que os torneios reformulados devem começar a partir de 2024.

“Trabalharemos de mãos dadas com nossa parceira, a Associação de Clubes Europeus, para criar as competições de clube do futuro. Competições de clube condizentes com nosso tempo, cheias de empolgação e intensidade e abertas, que trarão uma nova dimensão ao futebol europeu”, explicou durante o Congresso.