Solari ignora opinião de Guardiola e diz: “Madrid é o melhor clube da história e da última década”

Na véspera da partida contra o Girona nesta quinta-feira (31) pelo confronto de volta das quartas de finais da Copa do Rei – Real Madrid venceu por 4 a 2 a ida -, o técnico Santiago Solari resolveu deixar de lado a modéstia e dar uma cutucada em Pep Guardiola.

Não menos importante, o técnico também falou sobre o confronto e a vantagem exercida pelo time, a disputa que terá o ataque merengue e sobre alguns temas considerados importantes.

Confira os principais trechos do treinador argentino:

Vai para as semifinais:
“Se temos três frentes abertas e vamos lutar por todos, é porque os jogadores colocam intensidade, esforço e compromisso”.

Guardiola e as melhores equipes da década:
“Parece uma opinião deliberada. Mas não vamos lutar por uma década a mais ou a menos, o Madrid é o melhor clube da história e da última década. Nunca subestime ninguém”.

Bale ou Vinícius:
“São sempre pontuais, temos muitas partidas, a grande notícia é que todos, exceto Vallejo, estão disponíveis”.

O novo papel de Vinícius com a volta de Bale e Asensio:
“Repito, todos estamos encantados com a evolução de Vinícius e tem mostrado muitas coisas, somos um elenco maravilhoso e quase todos estão de voltando trabalhando e isso nós faz ser mais competitivos e escolhemos de acordo com a partida e em função de muitas circunstâncias”.

Ramos:
“Está bem, foi um susto por sorte, tem se recuperado e já está treinando com normalidade”.

A partida de amanhã:
“Será complicado, não existe partida que não seja complicada, todas as partidas da Copa estão sendo disputadas e vamos lá fazer uma partida séria e vamos trazer o resultado. O estádio vai estar cheio, as pessoas com sua equipe e temos que estar bastante atentos”.

Como gerenciar um titular que é reserva:
“O papel de qualquer um é treinar duro para estar ao máximo nível possível quando se trata de jogar, essa é a profissão”.

Marcelo e Isco, se não jogam é pelo mesmo motivo:
“Cada jogo é diferente, há jogos que jogam e outros que não. Eles podem ser igualmente definitivos quando entram. Que todos façam um esforço e o façam melhor e que nos torne mais competitivos e o melhor elenco”.

Keylor Navas jogará:
“Está disponível, mas a escalação não irei dar agora. Mas Keylor está disponível”.

Contratações em janeiro e se esperava:
“Temos um elenco maravilhoso, lutaremos por todas as frentes e a equipe está bem, encantados por enfrentar cada partida. Muitos jogadores voltaram à dinâmica e essa é a notícia mais importante”.

Morata e o Atlético e seu caso como jogador:
“O trabalho do jogador de futebol ir para o clube que vai é ser profissional e entregar tudo. Então pode acontecer com você que você se apaixone pelo clube em que você está trabalhando e foi o que aconteceu comigo quando cheguei em Madrid”.