“Eu estou em um momento pessoal muito bom”, enfatiza Sergio Ramos

Na noite desta quinta-feira (24), o Real Madrid derrotou o Girona pelo placar de 4 a 2 no Santiago Bernabéu e abriu boa vantagem nas quartas de finais da Copa do Rei da Espanha, que contou com dois gols do zagueiro Sergio Ramos, um em seu maior estilo “Panenka”.

Protagonista da partida, o capitão merengue cedeu entrevista logo após o fim da partida e viu a eliminatória aberta, apesar da vantagem, mas elogiou o time e seus companheiros pela luta em campo.

Confira os trechos da entrevista:

Eliminatória:
“Está mais do que aberta. Embora gostaríamos de manter o gol zerado, é um bom resultado. Não há nada fácil, Girona eliminou o Atlético, fez três. Nós demos um passo importante, mas você tem que terminar lá”.

Quatro gols:
“Nós enfatizamos a pressão alta e isso, às vezes, também nos engana. Eles nos feriram no contra-ataque, mas no segundo tempo nós controlamos melhor o assunto e, diante do gol, tivemos uma fortuna”.

Benzema:
“É um grandíssimo jogador, desequilibrante, muito importante para nós. Faça gols ou não, é uma peça chave. Pressiona, trabalha defensivamente, é menos chamativo, mas também o faz e é igualmente importante. Não importa quem faça os gols, o importante é que ganhemos partidas. Quando mais precisamos de Benzema, ali estará”.

Os pênaltis de Panenka:
“Eu estou em um momento pessoal muito bom e o lançamento é uma forma de me expressar meu jeito de ser e sentir. Eles continuam entrando assim, mas não precisa se acostumar. Os goleiros esperam mais e, se não se movem, terei que tentar colocar do outro lado”.