Modric faz autocrítica e reclama: “Não podemos ter uma cagada no início de jogo”

O Real Madrid voltou a tropeçar neste domingo, desta vez contra a Real Sociedad, onde perdeu por 2 a 0 em pleno Santiago Bernabéu. A torcida chegou a vaiar o time em determinados momentos da partida e inclusive no final dela.

Sabendo do futebol ruim que está sendo apresentado, Luka Modric conversou com os jornalistas e chamou a responsabilidade para os próprios jogadores, fazendo uma autocrítica e evitando falar de arbitragem.

Confira os melhores trechos da entrevista:

A situação da equipe:
“Muitos de nós não estão jogando no seu melhor nível, eu sou um deles. Não podemos ter uma cagada no início de cada jogo”.

O que acontece com o Madrid?
“Você tem que falar claramente, não é uma questão de sorte. Criamos muito, mas a bola não entra e damos muito. Existem razões que explicam porque as coisas não estão indo bem”.

O árbitro:
“Ele não teve o dia, mas nosso problema não é o árbitro ou o VAR, embora eles não tenham nos ajudado. Nossos problemas são outros”.

O VAR:
“O árbitro me disse que de cima eles disseram a ele que não era uma penalidade. Parece incrível para mim que eles não verifiquem, mas é isso. Na Espanha estamos confusos com o VAR e parece que com Madrid eles estão com mais medo, mas eu não quero mais falar sobre isso”.

O futuro:
“Temos que melhorar muito, estamos num momento não ideal. Temos que estar mais próximos e unidos como uma equipe no campo. Não tem que falar que liga está perdida, você tem que ir jogo a jogo. Temos que sentar como homens e consertar coisas como hoje”.

Anúncios