Real Madrid encerra ano com 44 lesões, e abre 2019 com baixa de Marcos Llorente

O Real Madrid virou o ano, mas as notícias parecem ser repetitivas. Nesta terça-feira (1°), o clube emitiu um comunicado informando a lesão do volante Marcos Llorente, que passou por exames e foi diagnosticado uma lesão de grau 2 no adutor da perna esquerda.

Fontes espanholas, como o diário MARCA informam que o jogador deve ficar de duas a três semanas fora de combate.

A lesão surge no ótimo momento vivido por Llorente, que foi eleito o melhor jogador da final do Mundial de Clubes. Depois de estar quase fora do clube merengue, a chegada de Solari e a lesão de Casemiro em novembro fizeram o espanhol engrenar uma sequência que não obteve em outras temporadas.

O mês de janeiro também poderia ser especial para o atleta que, apesar da volta de Casemiro, poderia rotacionar a posição intercalando jogos da Copa do Rei e do Campeonato Espanhol.

Mariano e 44 lesões em 2018

O novo ano parece não ter começado bem para Mariano Díaz. No dia 31, o atacante que esteve presente no treino aberto para os sócios, acabou se machucando e teve diagnosticado uma irritação no nervo ciático, deixando-o fora por dez dias.

No ano de 2018, o Real Madrid viveu uma de suas piores épocas se tratando de lesões. Ao todo, o clube acumulou 44 lesões de diferentes tipos em 20 jogadores dos 24 do atual elenco.

 

Anúncios