Real Madrid vence Al Ain e conquista o sétimo título mundial

4-1

Em jogo que ameaçou ser complicado mas se revelou fácil, Real Madrid venceu o Al Ain e conquistou o sétimo título mundial do clube. Com gols de Modric, Llorente, Sergio Ramos e contra com participado de Vinicius Junior, equipe de Solari venceu o time árabe por 4 a 1.

O que aparentou no início ser um jogo complicado, mudou totalmente após o primeiro gol do Real Madrid. Equipe merengue dominou a partida que só não terminou em mais gols porque a firula falou mais alto que a objetividade.

Após a conquista do Mundial o Real Madrid volta a campo na próxima quinta, dia 3, pelo Campeonato Espanhol contra o Villarreal fora de casa.

Domínio merengue e muito capricho

Primeiro um susto, após inversão de Carvajal para o Marcelo, o brasileiro fez sua graça e tocou de qualquer jeito, deixando a bola para Elshatad puxar um perigoso contra-ataque invadindo a área, driblou Courtois, e só não terminou em gol porque esse mesmo Sergio Ramos salvou em cima da linha.

Modric abriu o placar em Abu Dhabi (Foto: Reprodução/Getty Imagens)

Na sequência, Luka mesmo começou a jogada ofensiva que terminaria em gol. Ele lançou Vázquez que devolveu a bola para Benzema, o camisa 9 viu o meia croata livre e tocou para Modric bater na categoria e fazer 1 a 0 em Abu Dhabi. Gol do Melhor do Mundo em 2018.

Após o gol, a equipe árabe chegou a marcar mas o gol foi impedido e bem anulado. Depois disso um domínio absoluto da dinastia blanca. Só deu Real Madrid, de todos os lados e de todas as formas. A equipe teve chances com Benzema, Bale, Kroos e Modric, mas não conseguiu ampliar o placar na primeira etapa.

Não mudou muita coisa na segunda etapa, o absoluto domínio do Real Madrid fez com que os jogadores passassem a escolher o mais bonito ao invés do mais fácil, o que dificultou os gols.

Aos 59, após cobrança de escanteio de Toni Kroos, a bola sobrou para Marcos Llorente acertar um chute estupendo de fora da área e fazer 2 a 0 para a equipe de Madri. De longe o melhor jogador do Real Madrid em campo garantiu seu gol na final.

Depois de muitas tentativas falhas de Gareth Bale, quem ampliou o placar foi Sergio Ramos após cobrança de escanteio aos 77 minutos. Zagueiro e capitão comemorou mostrando escudo e pedindo silêncio, em provocação a torcida rival que o vaiou fortemente após falta no brasileiro Caio.

Solari começou a mexer na equipe, entraram Casemiro e Vinicius (Ceballos entrou antes do gol de Ramos). Pouco depois, após cobrança de falta de Caio, Shiotani desviou a bola de cabeça e fez o gol de honra dos árabes. Já dizia o ditado “se não levar gol não é o Real Madrid”.

Para fechar e fazer a goleada, Vinicius Júnior puxou ataque, invadiu e bateu pro gol, Yahia desviou e marcou, fazendo 4 a 1 e fechando a conta.

realmadrid-alain-01

REAL MADRID: Courtois, Marcelo, Sergio Ramos A, Varane, Carvajal; Llorente, Kroos (69min, Ceballos), Modric; Vázquez, Bale, Benzema.
Técnico: Santiago Solari.

AL AIN: Eissa, Hamed, Ahmed, Yaslam, Shiotani, M.Ahmed, Fayez, Abdulrahman, Elshatad, Caio, Berg.
Técnico: Zoran Mamic

LEGENDAS:
A (RECEBEU CARTÃO AMARELO DURANTE A PARTIDA)
E (FOI EXPULSO DURANTE A PARTIDA)
L (DEIXOU O CAMPO POR LESÃO)