Real Madrid tem retrospecto positivo contra o Ajax na Champions

Atuais tricampeões da Europa encaram tradicional equipe holandesa, que volta ao mata-mata da competição após 15 anos

Conhecemos, nesta manhã de segunda-feira, o adversário do Real Madrid nas oitavas de final da Liga dos Campeões 2018/2019: o Ajax. Os jogos de ida e de volta marcarão o 13° e 14° confronto, respectivamente, entre as equipes na principal competição de clubes do mundo. Históricamente, predomínio merengue: 7 vitórias, 1 empate e 4 derrotas. 

A hegemônia madridista sobre os holadenses começou na então chamada Copa dos Campeões da Europa da temporada 1967/68. Naquele ano os times duelaram na fase de 16 avos, com empate em 1 a 1 na Holanda e vitória blanca por 2 a 1 em terrítório espanhol. Porém, cinco anos depois, o Ajax “deu o troco” no Madrid e deu pontapé a uma sequência de 4 seguidas vitórias sobre os espanhóis. A equipe holandesa, que seria campeã da competição na ocasião, derrotou os merengues nos dois jogos (ida: 3 x 1; volta: 1 x 0) da semifinal daquela edição do certame.

Após isso, os clubes ficaram mais de dois séculos sem se enfrentarem no torneio. Voltaram a ficar de frente na fase de grupos da temporada 1995/96, quando os holandeses bateram os espanhóis por 1 a 0 em casa e por 2 a 0 no Santiago Bernabéu. Nesta mesma edição, o Ajax foi vice-campeão, perdendo para a Juventus nos pênaltis.

Já no século XXI, o Real Madrid tirou a liderança do time de Amsterdã no quesito. Por três temporadas consecutivas (2010/11, 2011/12 e 2012/13), ambas as equipes caíram na mesma chave na fase de grupos do torneio e, em todas as seis partidas neste período, os madridistas saíram vitoriosos. 

Com a atual má fase dos maiores campeões da história da Europa e a ótima temporada do Ajax, espera-se, sim, um confronto parelho. Mas, pela camisa e qualidade, a classificação merengue é vista como obrigação pelo lado da torcida e da imprensa mundial.

 

 

Marcado como: