Odriozola cita apreço por Cristiano e fala das críticas: “O Madrid é também uma família”

O lateral direito Álvaro Odriozola foi quem concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira (11) ao lado do treinador Santiago Solari, antecedendo o confronto contra o CSKA na quarta (12), válido pela última rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Abordando vários temas, Odriozola citou sua admiração por Karim Benzema e a sua idolatria pelo lateral e companheiro Carvajal, além de falar sobre o Mundial de Clubes, a primeira oportunidade de título na temporada.

Confira os melhores trechos da entrevista:

Sensações:
“Estou me sentindo muito bem, muito confortável. Era um sonho estar aqui, o trabalho está valendo a pena”.

Estréia em casa no Champions:
“A Champions é especial, nos faz ter uma motivação especial, eu realmente quero que o jogo chegue logo”.

Falta de confiança de Julen:
“Tenho muito mais para agradecer a Julen do que censurá-lo. A resposta foi trabalhar mais, agora tenho mais jogos, sinto a confiança de Santiago e agora tenho que devolvê-la em campo”.

Críticas de Cristiano:
“Eu tenho um grande respeito por ele e para o clube é uma lenda. O Madrid é também uma família. A humildade é o que mais me tem surpreendido no vestiário. A fome, o trabalho diário e a humildade. Estamos todos unidos”.

Objetivo na Champions:
“O grande objetivo é ganhar tudo. Temos que ir jogo a jogo. Pensamos na partida que jogaremos e essa é a chave do sucesso”.

Mundial:
“É um título importante, estamos empolgados para conquistar o primeiro título da temporada”.

Carvajal:
“Realmente eu tenho uma relação magnífica e eu só agradeço. Está me ajudando muito. É meu exemplo e tem sido o meu ídolo. A competição é saudável e agradeço seus conselhos, tanto aqui como já aconteceu na seleção”.

Vinícius:
“É um craque, como jogador e como pessoa. Não vou descobrir suas qualidades, tem muita qualidade e talento. Ele é um bom garoto”.

Benzema:
“Antes de eu chegar [aqui] já gostava dele, mas agora estou encantado por Karim. É um espetáculo treinar com ele. É o melhor nove do mundo. É verdade que as críticas estão ali, mas ele assumiu uma posição de liderança no grupo”.

Incorporação do VAR:
“Eu acho que é uma ferramente positiva e justa. Vai ser bom e estou feliz que ela será aplicada a partir das oitavas”.