Santiago Bernabéu será o palco da final da Libertadores entre River Plate e Boca Juniors

Conmebol e FIFA optam por estádio do atual tricampeão da Europa

Depois de dias sem uma definição sobre a decisão da Copa Libertadores da América, o Santiago Bernabéu, estádio do Real Madrid, foi escolhido como o palco da, para muitos, maior final da história da competição sul-americana. Nesta quinta-feira (29), Conmebol e FIFA entraram em acordo com a Federação Espanhola de Futebol e com o clube merengue para o duelo ocorrer na capital da Espanha, no dia 9 de dezembro às 17h30 (horário de Brasília).

Por questões financeiras, Doha, capital do Qatar, aparecia como forte local para receber River Plate e Boca Juniors, mas dificuldades logísticas e distância tornaram a opção inviável para os cartolas. Madri ganhou força pelos aspcetos geográficos, de seguridade, culturais e, principalmente, pela enorme colônia argentina presente na Espanha.

Para os comandantes da Conmebol e FIFA, o duelo seria impossível de ser realizado no Monumental de Núñez, casa do River, depois de todo o transtorno que houve no último sábado no país argentino.

Outra decisão tomada hoje (29) foi que a partida, agora no Bernabéu, terá a presença de ambas as torcidas, diferentemente do que ocorreu no jodo de ida na La Bombonera, onde somente ‘hinchas’ do Boca puderam presentear.

Dentro de campo, como o primeiro duelo terminou empatado em 2 a 2, qualquer vitória dá o título a uma das equipes rivais, algo que torna a final com ‘cara de jogo único’, por, além disso, ser realizada em um campo neutro e com ambas as torcidas.