Os possíveis destinos do Real Madrid na Champions, ou fora dela

A fase não é lá muito boa. Os primeiros jogos com Santiago Solari no comando deram uma animada, mas bastou a péssima atuação do último sábado (24) contra o Eibar para a desconfiança e as críticas voltarem.

A situação na La Liga é reversível, já que são apenas 6 pontos de diferença pro líder, mas não é das mais fáceis. Mas nesta semana a chave é virada para a Champions League e o destino é a capital italiana.

Na terça-feira (27), o Real Madrid pode definir sua classificação para a próxima fase de duas maneiras: a primeira, vencendo a Roma, garantindo inclusive o primeiro lugar do grupo. A segunda, empatando – desde que o CSKA não vença o Viktoria Plzen. Neste caso, a liderança do grupo seria decidida na última rodada.

Caso nada disso ocorra, uma derrota para os romanos levará os merengues a decidirem sua classificação na rodada derradeira, recebendo o CSKA no Santiago Bernabéu, em que um empate seria suficiente. Caso avance, será a 27ª vez que terá superado a fase de grupos da maior competição de clubes do mundo. É o único time que conseguiu tal feito.

Mas, e se a classificação para os playoffs não vier?

Vira essa boca pra lá, bate na madeira, dá 3 pulinhos. Primeiramente CRIIIIIISE NO REAL MADRID! Segundamente, diria o outro, ainda haverá competição europeia pela frente. É que o maior campeão da história da UCL ficará no mínimo em 3º lugar no grupo, já que o Plzen tem apenas 1 ponto e não pode mais ultrapassá-lo.

Sendo assim, a 3ª colocação de cada grupo dá direito à uma vaga no mata-mata da Europa League, entrando na fase de 16-avos de final. Seria descer mais um degrau – e também uma catástrofe não conseguir ao menos um empate nos próximos 2 jogos, mas ainda haveria a possibilidade de um título europeu.

A esperança é de que o time incorpore o espírito vencedor que as noites de Champions traz, que volte aos bons tempos de vitórias e siga rumo à mais um título.